A polêmica das “Fake News” que agitou as principais redes sociais nos últimos tempos, pode ter chegado ao fim, isso porque, as grandes empresas do setor já tem se movimentado no combate as informações falsas.

Principal rede social no país, o Facebook e a quinta, o Twitter estão realizando ajustes na sua política de privacidade e com isso, inúmeros perfis que integravam a sua base de dados, foram excluídos ou suspensos.

Segundo um  estudo publicado pelo Instituto Ibope Repucom, cerca de 715 mil seguidores considerados “suspeitos“ deixaram de seguir os perfis do clubes brasileiros nestas plataformas.

No Twitter, 572 mil contas foram “apagadas”, e o Corinthians foi o clube mais afetado com esta medida, perdendo 86 mil seguidores, seguido pelo São Paulo e Flamengo, que perderam 61 e 55 mil fãs.

No Facebook a perda foi menor, sendo que 143 mil deixaram de seguir os perfis dos clubes brasileiros, e novamente o Corinthians foi o clube que mais perdeu curtidas, contabilizando 35 mil torcedores a menos. O Flamengo e a Chapecoense, ficaram atrás, com perdas de 24 mil e 17 mil fãs.

Porém, se somarmos o número de usuários das principais redes sociais existentes (Facebook, Twitter, Instagram e YouTube), o Flamengo lidera com mais de 20.800 milhões, sendo seguido de perto pelo Corinthians, 20.500 milhões. Já o São Paulo, é o terceiro colocado, com 13.200 milhões de torcedores presentes nas redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima