Um estudo realizado pela YouGov e encomendado pela Local Media Works, na Inglaterra, constatou a eficácia das mídias regionais ante das grandes mídias. O trabalho foi realizado no início de fevereiro, com uma amostra de 2.131 adultos maiores de 18 anos.

De acordo com o estudo, os jornais impressos locais lideram o ranking de confiança, com 74% dos respondentes concordando que acreditam mais nas notícias e informações que leem. TV e rádio ficaram em segundo lugar — com aproximadamente 73% de confiança —, enquanto os motores de busca seguiram 43% e as mídias sociais apenas 22%.

A pesquisa divulgada também mostra o quão relevante são as mídias consideradas “tradicionais”, em comparação com outros meios que surgiram com a tecnologia, como blogs, sites e mecanismos de busca.

Para o presidente da Local Media Works, Craig Nayman, “Esse estudo fornece evidências mais convincentes de um ressurgimento da confiança nos meios de comunicação tradicionais, com a mídia local liderando o caminho, à medida que o público se torna cada vez mais consciente dos perigos associados às plataformas sociais e notícias falsas, além disso, essa confiança é um prêmio e os anunciantes grandes e pequenos devem reconhecer as vantagens claras de parceria com a mídia local para se comunicar com o público em um ambiente seguro, confiável e altamente efetivo”, conclui.

Segundo dados do Instituto Verificador de Circulação (IVC), o número de circulação impressa dos 11 dos principais jornais diários do Brasil registrou uma queda de 146.901 no último ano. Em dezembro do ano passado, a tiragem média foi de 736.346 exemplares por dia. Nas assinaturas digitais, por sua vez, o crescimento médio foi de 5,8% entre 2015 e 2017, o que representa 31.768 novos assinantes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima